Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Teremos de morrer para que nos juntemos todos?

19260751_10213613066666928_4396242223243782744_n.j

Juntos por todos. Falemos de futebol. Falemos de desporto. Quantos mais mortes teremos de ter no desporto para que se juntem os líderes dos principais clubes em Portugal?

Pode parecer banal ou ridículo falar-se em desporto quando 64 pessoas perderam a vida, não a dar um chuto numa bola, não em qualquer estádio, não no estado de adepto ou de sócio em guerrilha, mas na sua estada na estrada da vida. Por um raio, tantos raios, por um fogo, tantos fogos, por um vento, tantos ventos.

Hoje contribuímos para todos, fossem ou sejam eles do Sporting, Benfica, Porto ou Pedrógrão Grande.

Teremos de morrer para que nos juntemos todos? Terão de morrer mais? Não foram muitos os que morreram já? Nos fogos, nos estádios ou nas imediações?

Assistimos a uma guerra nunca vista no desporto português. Tantos rastilhos, tanto mato, tantos fogos, tanta merda. De parte a parte. Da minha parte, que acabem com esta merda.

Temos dirigentes desportivos que incitam a violência, o ódio, a ofensa gratuita. Castigados por instâncias disciplinares, desobedecem com despudor.

Mas não estão sós. Adeptos vulneráveis ciosos por pertencerem a algo, vão na onda da falácia. O bem e os bons de um lado. O mal, os maus, feios, porcos e nojentos de outro. Ambos populares, ambos populistas.

Somos uma nação que descobriu e conheceu Mundo. País solarengo à beira mar plantado. Povo pacifico, amistoso, empático, acolhedor.

No desporto e no desporto Rei em particular somos Campeões Europeus, Ronaldo o desportista mais premiado, valioso e reconhecido do Mundo, Mourinho um dos melhores (o melhor?).

Os nossos dirigentes? Dos piores do Mundo. Corrompem, agridem, cospem, ofendem, criticam, condenam, desrespeitam!

Legitimados por eleições, sentem-se inatingíveis por regras, leis ou justiça. Deuses no seu trono, líderes das suas tribos.

Apoiados pelos boys da fina flor prestam-se a tudo para um aplauso, um like ou uma selfie. Se o apoio da fina flor menos ou mais fraudulenta é garantido, é nas massas que encontram mais votos, nas claques. São estes, os mais pobres e desprotegidos, quem os alimenta.

E o P.R. Marcelo que nada faz. Até que morram uns quantos.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D