Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

O que se lê por ai...

Parece irreversível que passou ao lado destas pessoas que lideram o Sporting a data de nascimento de João Rocha, enquanto efeméride. Se já nada me deveria surpreender, ainda existem coisas que roçam entre a indignação e a repulsa. Sei que destes órgãos sociais, e referindo-me ao Conselho Diretivo, a História do Sporting e o seu passado a nível de conhecimento e presencial é zero. Descobriram o clube agora. Mas existem mínimos. E respeitem o passado. Quando só se comunica para falar dos outros, é natural que nos esqueçamos dos nossos.

 

Interessa é meter frases de merda, semi-plagiadas, numa estátua com um leão. Pior demonstração do nível baixo de quem falamos, é o de quem se quer auto-imortalizar na pedra. Quando manda a integridade de qualquer homem sério, esperar que sejam os outros a prestar-nos esse tributo.

 

A nova data mais importante é o casório e inesquécivel e para que ninguem se esqueça disso (ou ele próprio) em que dia é???? dia do sporting!!!!

 

amigo dão parabéns a traidores como o futre figo e cadete e se esquecem de quem fez história no clube

Vocês sabem lá............

 Vocês sabem lá o que é andar de cabeça erguida, quinze anos depois.

Vocês sabem lá o que é juntar dinheiro, ano após ano, jogo após jogo, para adquirir bilhetes e camisolas.
Vocês sabem lá o entusiasmo que sentimos em vos apoiar. Jogo após jogo.
Vocês sabem lá o que é buscar forças para sonhar, acreditar e gritar por vocês...

...claro que não sabem! Não fazem ideia, nem nunca saberão.

Tudo o que sabem é que, aconteça o que acontecer, o ordenado continua a cair, ao dia certo, todos os meses. O ordenado que paga as vossas fantásticas férias e vos permite abrir restaurantes. O ordenado com que, muitos de nós, apenas sonhamos e não alcançamos. O ordenado que nos pagava as gameboxes e as despesas de deslocação. O ordenado imaculado...

...não sabem nada!

E, na maioria das jornadas deste campeonato provaram não saber, sequer jogar futebol, nem compreender a dimensão do símbolo que carregam ao peito e, muito menos, mostraram vontade de lutar por vocês, por nós ou pelo Sporting Clube de Portugal. São quinze anos. Quinze anos de seca. Mais um ano sem títulos, marcado por um vazio de títulos, mas, pior do que isso, um vazio de vontade de lutar e querer fazer mais. Se não foi isto, andou lá muito perto. E, pior do que ser derrotado, é ser derrotado assim, desta maneira. Não há desculpas!

Direcção, treinador e restante staff, é hora de olhar para dentro e analisar tudo o que correu mal nesta época. Desde o rendimento de mais de metade do plantel até a estratégia de comunicação engendrada.

Eu não mereço isto. Nem eu nem os outros 3,5 milhões, que choram fracassos e conquistas. É um triste fado e desta época não rezará a História. Merecíamos mais. Os fundadores mereciam mais. O Sporting Clube de Portugal merecia mais.

E lembrem-se: vocês vem e vão e, ao lado do símbolo que carregam, não são, sequer, ninguém na fila do pão. Reflictam e, se possível, ganhem um pouco de vergonha e mais noção e respeito pelo leão rampante.

A Estrela Leonina

 

Fonte

5 questões pertinentes

1. O tema do adiamento, dos vários adiamentos, da data de inauguração real do pavilhão João Rocha seriam desculpáveis dado o acrescento de enorme valor que essa obra trará ao Clube, muito mérito do Presidente do Sporting, não fosse: Termos sido candidatos a receber a final-four da UEFA Futsal League no pavilhão João Rocha e esta prova se ter disputado há perto de duas semanas. Ter sido divulgada a mensagem oficial de que já esta época, algumas modalidades iriam disputar os jogos das fases decisivas dos campeonatos/play-offs no pavilhão João Rocha. O campeonato de andebol está quase no final, e a Taça Challenge joga-se a 21 e a 27 deste mês; o campeonato de futsal vai agora iniciar a fase de play-off de atribuição do campeão nacional. Ter sido utilizado como arma de arremesso por parte do candidato vencedor nas últimas eleições e sua restante lista contra a lista derrotada. Ora ia ser inaugurado em Março, ora em Abril, ora só faltava o piso, ora era uma questão de dias, e continuamos nesta ladainha, com a agravante de na campanha eleitoral a candidatura vencedora ter mentido aos sócios quanto a este assunto. Ter sido utilizado como incentivo ao voto na lista vencedora, no próprio dia da eleição houve uma acção de propaganda com uma visita ao pavilhão que se disse, iria estar pronto dali a alguns dias. Abrir as portas aos sócios e a muitos dos que contribuíram para a obra é sempre excelente, não fosse ser o dia da eleição da nova direcção, ainda para mais baseado numa afirmação falsa. A questão do pagamento/custo total do pavilhão continuar a ser um tema tabu. Ter sido utilizado para atacar e insultar todos os sportinguistas que de uma forma ou de outra foram avisando da impossibilidade prática de se cumprirem os primeiros objectivos temporais de inauguração do pavilhão. Já nem falo dos novos sucessivos adiamentos.

 

2. Não quero acreditar que a cerimónia de casamento do actual Presidente do Sporting se sobreponha à data de aniversário do 111º aniversário do Sporting Clube de Portugal, com troca de datas da já habitual Gala ou uma pouco transparente e pouco compreensível aproximação de datas das ditas cerimónias. É preciso muita vaidade, mas sobretudo falta de humildade para um representante institucional do clube do grau de importância do Presidente do Conselho Directivo marcar um casamento, cuja celebração nada importa ao Clube nem aos sócios, para o próprio dia de aniversário do Clube. Um atentado, mais um, ao bom-senso e ao respeito pelo passado de todos os que serviram o Sporting. Haveria muito mais para dizer, mas espero pela confirmação do que anda a circular, com a inauguração real do pavilhão João Rocha misturada no meio disto.

 

3. Acerca do retomar de relações com o Futebol Clube do Porto, numa realidade mais limpa, seria sempre muito saudável que os clubes (e dirigentes…) se entendessem, e no pressuposto de se atingirem melhorias no desporto como as que foram citadas em comunicado. Fica impossível de compreender que as personagens que se insultaram com a pior terminologia existente durante 4 anos, e desde um jogo da Supertaça de Andebol já longínquo, sejam agora parceiros estratégicos. Há coisas impossíveis de ultrapassar, nem com o maior cinismo do mundo é possível acreditar numa junção real, saudável, verdadeira, de interesses entre o Presidente do Sporting e o Presidente do Porto depois de todo o lixo tóxico lançado entre ambos. Esta história de retomar relações com clubes rivais foi tema de campanha e um ataque repetido pela campanha vencedora. O de que o candidato derrotado nas últimas eleições era “lampião”disfarçado e queria ser amigo dos “andrades”. As supostas alianças eram um grande problema. Recordo que o candidato derrotado afirmou que deveria haver uma união de esforços entre os principais clubes portugueses para se resolverem questões do interesse comum. Passou pouco tempo desde que PMR foi enxovalhado com base em montagens e ficções acerca deste assunto. Perdeu-se mesmo a noção do ridículo.

 

4. O tema dos croquetes continua na ordem do dia, e José Maria Ricciardi continua a liderar os destinos do Sporting com mais ou menos formalidade. Curiosa a situação, mas uma constatação nada agradável e é notável como se fecha os olhos a isto depois de tantos ataques e, durante tantos anos, aos chamados “croquettes” e à dinastia a que JMR pertenceu.

 

5. O que não se discute de forma séria é a falta de projecto que foi a eleições, estamos em Maio e a direcção do Sporting não tem um projecto sustentado para a próxima época. O tema director-desportivo competente, experiente e com reputação internacional, o tema estrutura profissional do departamento de futebol, o tema estrutura profissional da equipa B, continuam a ser discutidos em cima do joelho e por intermédio da imprensa. Continua a brincadeira. Continuam as entrevistas a tudo o que mexe. Continua a festa. Quando vamos começar a construir os alicerces da casa? É que as festas de inauguração da casa acontecem todos os anos!

Um texto a reler ou para quem ainda não o leu

O político Carvalho

 

 

Dizia eu em 2012 ou 2013 que o SCP mais parecia um partido politico, onde por incrível que pareça os da mesma cor que querem o "poder" preferem que os da sua cor percam para terem caminho livre para chegar ao desejado poder.
Infelizmente o SCP foi isso, e digo-o abertamente o politico Carvalho nunca terá o meu voto, nunca terá o meu "like", nuca será sequer por mim uma pessoa que me mereça qualquer tipo afecto mas como é presidente do meu clube desejo-lhe sorte e sucesso.
Este ultimos dias/semanas têm sido tenebrosas, começou pela audição aos presidentes. Recuemos, o Politico Carvalho e a sua lista de apoiantes próximos (que hoje são funcionários do clube) passou 2 anos a denegrir a imagem de todos os que antes estiveram no SCP, usou tudo, a calunia o boato a mentira para que a sua imagem de salvador fosse enaltecida. Realizou uma auditoria para "prender" os bandidos, auditoria essa que pariu um valente rato, agora temos umas audições que no final de tudo ainda vamos ter o politico Carvalho a pedir desculpa a todos eles e com o rabinho bem entre as pernas, mas que importa isso se lhe valer mais um mandato? O politico carvalho faz tudo o que for preciso.
O politico Carvalho apontava Ricciardi como o cabecilha de todo o mal do clube, como precisou dele (como todos os outros precisaram) para avalizar e intermediar a reestruturação (que estava feita) passou a ser um "bom sportinguista"... O politico Carvalho faz tudo o que for preciso.
O Politico carvalho disse este fim de semana "que não quer um SCP sem tolerância e que não deixa os sócios falarem", mas o Politico Carvalho é o mesmo que não à muito tempo processava sócios em catadupa e falava em "governos sombra" pedindo em seguida para não o deixarem cair? Engraçado que o Politico Carvalho perdeu TODOS os processos que colocou aos sócios, repito perdeu TODOS, e quadruplicou os custos judiciais e honorários com advogados nesse ano... tudo pago não pelo Politico Carvalho mas sim pelo SCP, mesmo que os processos tenham sido em nome individual.
O Politico Carvalho passou 2 anos a falar dum golpe nas eleições de 2011, golpe esse efectuado por membros de uma claque, quis ir para tribunal, gritou, berrou, novamente na base da calunia, boato e mentira. Hoje em dia o politico carvalho anda com as mesmíssimas pessoas de braço dado, aqueles que tinham cometido um crime, aqueles que tinham que ser desmascarados... O politico carvalho faz tudo o que for preciso.
O Politico Carvalho traz para si a responsabilidade do empate inacreditável em Guimarães, num espaço de 15 dias temos 2 resultados pouco "simpáticos" (3-1 em vila do conde) e vemos o Politico Carvalho ou a chamar até si a responsabilidade do empate ou a dar um voto de confiança à equipa (após a derrota em vila do conde). Curiosamente foi em Guimarães que se assistiu ao maior ataque alguma vez feito a um funcionário do clube, com o Politico Carvalho a arrasar a equipa e treinador, a colocar um pasteleiro e o doutor a fazer o papel sujo na comunicação social, inclusivamente a pedir para o pasteleiro se encontrar com o funcionário do clube num parque de estacionamento.
Mas é interessante a mudança de comportamento do Politico Carvalho, deu ao General Silva uma arma de plástico e um exercito cheios de recrutas impreparados de países de 3 mundo e apesar de não ter ganho a guerra saiu de lá com uma medalha de mérito. Ao General Jesus deu-lhe armamento pesado e um exercito de especialistas, teve com 8x mais elementos que o inimigo, lançamos os foguetes e acabámos por perder a guerra e nem medalha de mérito conseguimos, viemos mesmo de mãos a abanar para casa. Resultado disto, ao General Silva o pasteleiro e o Doutor disseram que medalhas de mérito não chegam para a grandeza do clube e foi mandado para policia de transito, ao General Jesus o Doutor e o pasteleiro até pediram para o povo saudar a derrota na guerra, e o general subiu para chefe maior das forças armadas.
O SCP realizou uma AG este fim de semana, contou com 150 sócios. O Politico Carvalho quando queria chegar ao poder dizia "independente da minha opinião pessoal é triste verificar que tão poucos sócios se interessam com o que de facto se passa no nosso clube" e continua " (...) cerca de 30 mil sócios pagantes, mesmo assim em 30 mil sócios a participação é muito fraca" e termina com "e assim tudo é aprovado de qualquer forma e o SCP precisava de ver as coisas aprovadas por todos os sócios e não pelos mesmos 200". Talvez o Politico Carvalho queira explicar como agora apenas 150 lá vão. Isto ainda sendo reforçado pelo facto de segundo anuncia hoje sermos 150 mil sócios.
Mas nessa AG o Politico Carvalho voltou a falar em "ratos", no dia anterior tinha dito que "queria não queria um SCP sem tolerância e que não deixe os sócios falar". Isto vindo do Marioni, vindo de um Politico que tem uma equipa nas redes sociais com perfis falsos a passar a mensagem, o Politico que passa a mensagem que quer através de blogs, fóruns e paginas de facebook amigas outras criadas para o efeito, tem a lata de falar em ratos? Claro que tem, o Politico Carvalho faz tudo o que for preciso!
Por fim, o politico carvalho como qualquer bom politico tem que deixar obra feita, vamos ter a inauguração do pavilhão para o mês das eleições, estou convencido até que a inauguração será no fim de semana anterior. Aposta louca nas modalidades, para ganhar tudo internamente e obrigatoriamente temos que limpar alguma competição internacional em Futsal, Andebol ou Hoquei, o investimento assim o obriga.
O Politico Carvalho tanto preza o respeito pelo clube, foi o responsável por trazer para o clube Marcão, Carlos Carneiro, foi agora buscar Marco Fortes e ofereceu 1 Milhão de euros por ano ao ricardinho, tudo sujeitos que ofenderam o clube sistematicamente em várias declarações e em todos os jogos contra o nosso clube. Um deles consegue ser inclusivamente capitão de equipa o que digo sem problemas me enoja.
Por outro lado, dispensa João Benedito que sempre disse, nos últimos 8 anos, que a única coisa que queria era estar presente na inauguração do pavilhão, talvez o jogador mais carismático e reconhecido pelos sportinguistas. Talvez seja esse o problema do Politico Carvalho.
SCP apresentou uma proposta ao melhor ciclista de uma equipa portuguesa Gustavo Veloso da agora w52-porto. Relembrar que o Politico Carvalho depois de ter tudo acordado com a W52, diz que desistiu do acordo porque a w52 era uma equipa com um historial de Doping, mas agora o Politico Carvalho quer ir buscar o melhor ciclista dessa equipa com historial de doping, porque certamente deve ser o único atleta "limpo"
Para terminar, o Politico Carvalho não precisa de ter medo, irá ser reconduzido no clube, quem o tirará do clube não serei eu nem quem não gosta dele, será quem lhe agora dá-lhe palmadinhas nas costas esses são sempre os piores.
Saudações Leoninas
Fonte: http://fontesegurascp.blogspot.pt/2016/10/o-politico-carvalho.html

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D