Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Lendas - João Pinto

SimpleImageHandler.jpg

Quando penso na geração de ouro, fico com a ideia que até nem foi o Figo o jogador que mais me marcou, mas sim, o João Pinto. Talvez por ter sido um jogador que sempre jogou em Portugal e por ter representado o nosso rival e depois ter sido "nosso"...

 

De "menino de ouro" para os benfiquistas, a "grande artista" para nós sportinguistas!

 

O "pai" do Jardel no nosso último título nacional.

 

 

Fiquem com os bons momentos da sua carreira no Benfica, no Sporting e na Selecção Nacional - sem clubismos.

 

Aquilo que não está mal e o que nunca deveria acontecer no futebol

O desbocado do Paulo Futre afirmou que Aboubakar ofendeu o FC Porto. Enfim, não quero ir tão longe.

 

Mal estaria o futebol se isto fosse como a política ou como uma guerra. É preciso saber lidar com a derrota e com a vitória. Claro que o jogador até foi algo imprudente, mas não é caso para tanto...

 

Quem tem vindo a ofender um determinado clube e os seus respectivos sócios e adeptos é o "senhor" Bruno de Carvalho relativamente ao Sporting.

 

Desde processos, auditorias, expurgas, ofensas, mentiras, manipulações, etc. Será preciso recapitular? Creio que não... Acredito até que só é carneiro quem quer!

Percebe-se bem melhor as caras tensas de Adrien e William após o empate em Chaves em Janeiro

 

"Puxão de orelhas" de Bruno de Carvalho aos jogadores em Chaves:

 -"Se Jesus estivesse lá, na altura estava suspenso, nunca teria acontecido. O presidente do Sporting não teria tido a veleidade de fazer o que fez. Podia ter surgido dali algo de indesejável. As coisas evitam-se. Acredito sinceramente que a presença de Jesus teria evitado aquilo. Com o Jesus no balneário, o Bruno de Carvalho não teria essa atitude".

 

Bruno de Carvalho perdeu o balneário nesse dia?

- "A cena repetiu-se num jogo com o estádio cheio, contra o Belenenses [derrota do Sporting por 3-1. Uma equipa de futebol não pode viver de estados de alma. O presidente disse que tinha lá o pai e a mãe, e eu tinha os meus netos! Os mais jovens não gostam de ver os seus ídolos insultados, por tarjas ou outra coisa qualquer. Os meus netos, com dúvidas, vão aos jogos para cantar, para sorrir. Com todo aquele ambiente solidário, que foi criado em dois anos. Penso que em Chaves, o presidente exteriorizou o que lhe ia na alma. Uma equipa não pode viver disto".

 

Proximidade de Bruno de Carvalho à equipa: 

-"É benéfica. O que pode ser mau é levantar-se e sair do banco com o jogo a decorrer, coisas desse género... Isso é que é mau".

 

Octávio Machado

octaviomachadoJOANASOUSA.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Várias dúvidas e perspectivas até ao fecho do mercado

Reforços

 

De todos os que foram contratados até ao momento, penso que só o Doumbia terá capacidade de se impor de forma indiscutível.

 

O resto são para mim incógnitas. 

 

Piccini não acredito que vá fazer muita diferença relativamente a Schelotto. Até poderá ser melhor, mas...

 

Mathieu tenho a certeza que não será melhor que Rúben Semedo.

 

Fábio Coentrão em termos de qualidade técnica vem preencher uma lacuna, mas pela sua eventual condição física também não deixa de ser uma incógnita...

 

O resto nem comento porque acho que nem o Jesus sabe ainda o que pensar deles!

 

Plantel

 

Olhando para o quarteto-defensivo, verificamos que apenas Coates era titular na época passada. Já Paulo Oliveira que era provavelmente o único suplente à altura dos titulares, foi vendido! E se na época passada o Sporting sofreu 36 golos no campeonato (o dobro dos golos do SLB!), há motivos para grandes esperanças quanto à estabilidade defensiva?

 

Quanto a William e a Adrien Silva, em condições normais serão vendidos esta época. Aliás, o Sporting poderia tê-los vendido há muito mais tempo, e actualmente já não estão tão valorizados. Há anos que lhes andam a prometer a saída mais que normal e justa, diga-se. William que conta com 25 anos tem a noção que poderia ter evoluído muito mais como jogador se tivesse ido para Inglaterra com 22 ou 23 anos. Adrien Silva vai a caminho dos 30 anos e sabe que esta será a última oportunidade. Mesmo que apenas saia um jogador, o outro que permanecer (ou mesmo que fiquem os dois) não será um jogador "triste" e psicologicamente desmotivado? Aqui a administração do Sporting deveria ter tido a arte e o engenho de gerir esta questão para que hoje não estivéssemos com o núcleo duro do meio-campo da época passada pronta para deixar um "buraco" no meio-campo. Porque os futuros titulares para além de não terem rotinas, estão muito longe da qualidade dos dois internacionais portugueses...

 

Quanto à linha avançada, penso que o Gelson ficará; e o Doumbia, como já referi, penso que vai claramente acrescentar qualidade. Agora, pela análise feita ao meio-campo, vamos ver se aos avançados lhes serão regularmente dadas boas bolas para rematarem à baliza...

 

Estrutura

 

Quando sai alguém da experiência do Octávio Machado e entra André Geraldes, fica tudo dito.

 

Perspectivas

 

O Sporting até pode fazer um campeonato melhor, mas para quem ficou a 12 pontos do campeão nacional, tenho sérias dúvidas se de um ano para o outro conseguiremos ser melhores que o Benfica e até melhores que o FC Porto que acabou em 2º lugar...

 

Assim, é certo que o plantel de Jorge Jesus vai novamente encarar os jogos europeus como um "frete", com os resultados já conhecidos, tanto no campo como no ranking europeu, não contribuindo também para o ranking português que nos possibilita ou não, de colocar um determinado número de equipas portuguesas na Liga dos Campeões.

 

Dir-me-ão que deveria dar o benefício da dúvida ao invés de escrever um artigo algo pessimista... A questão é que há muito que deixei de estar iludido. Só me deixei iludir até ao momento em que em Dezembro de 2014 se fez o que se fez ao então técnico do Sporting! Já nem tenho idade para acreditar no Pai Natal (ainda por cima vermelho)...

 

Mas se o futuro demonstrar que não havia razões para este "pessimismo", cá estarei para o admitir.

 

Até lá...

 

#apertacomelesbruno

 

 

"Um dia as coisas irão sair cá para fora" - Eric Dier

eric_dier.artigo (1).jpg

 

"Fui à Academia de Alcochete na quinta-feira de manhã para ir buscar as minhas coisas e despedir-me de toda a gente. O presidente estava lá, cumprimentou-me e não disse nenhuma palavra. Seguiu em frente. Não me desejou boa sorte nem nada, o que é um pouco estranho. Estive no Sporting durante 12 anos e saio sem uma palavra do presidente? Para mim, é estranho". Eric Dier lamenta a forma como deixou o Sporting rumo ao Tottenham.

 

O jovem inglês contou ao jornal 'Record' que foi "muito maltratado" em Alvalade, ao longo dos últimos 18 meses:

- "No último ano e meio fui muito maltratado. Nunca vou esconder isso. Para alguém que estava no clube desde os oito anos e que nunca tinha tido problemas com ninguém... Acho que fui maltratado e as pessoas dentro do Sporting sabem disso. Esta não é a altura certa para estarmos a falar sobre tudo, mas um dia no futuro as coisas irão sair cá para fora".

Apesar destas queixas, Dier disse que o Sporting continua a ser a sua "segunda família" e acrescentou: "O problema nunca foi o dinheiro. Nunca ia tomar uma decisão apenas baseada no dinheiro. Tive várias oportunidades para sair e nunca o fiz. Isso demonstra que não era essa a questão. As cláusulas que o Sporting queria impor é que dificultaram as negociações. Queriam meter cláusulas impensáveis".

 

E continuou: "Uma cláusula de 45 milhões de euros implica um ordenado ao mesmo nível. Além do mais, ficamos completamente presos ao clube. Sou um central e queriam-me pôr uma cláusula de 45 milhões com um salário que não justifica esse valor? Nem pensar. Para mim não faz sentido", justificou.

O defesa relatou que a direção de Alvalade não tentou igualar a proposta financeira que os responsáveis do Tottenham apresentaram e, ao mesmo tempo, "deram a entender" que não tinham interesse na sua continuidade.

 

Elogios a treinador e ex-colega - Em relação ao que deixa para trás, em Lisboa, Dier não poupou elogios a Marco Silva: "É um espetáculo. É fantástico. Toda a gente no Sporting gosta muito dele, da sua forma de trabalhar, da sua relação com o grupo de trabalho. Desejou-me boa sorte e que tudo me corresse bem. É um ótimo treinador. Os treinos e a teoria de jogo são muito bons e tem uma mentalidade muito forte".

Para Eric Dier, o seu ex-colega William Carvalho "tem lugar em qualquer equipa do mundo" e, quanto ao Sporting, desejou que os "leões" sejam campeões nacionais na nova época e garantiu que não vai representar outro clube português:

-"Sou do Sporting, por isso não me vejo a jogar num outro clube em Portugal".

Agosto de 2014

fonte.png

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D