Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Ora vamos lá recapitular...

- Bruno Miguel Azevedo de Carvalho, um mero desconhecido, sem qualquer passado, decide que quer ser presidente do Sporting.

 

- Para isso, este especialista de abrir e fechar empresas de chão-flutuante ou de carpintaria; inventa uns fundos que viriam ou dos EUA ou da Rússia. Milhões era o que não faltava.

 

- Bruno de Carvalho surge também como o rosto que iria cortar com uma suposta dinastia que teve inicio em 1995 - como se os sócios nunca tivessem deixado de serem livres para se candidatarem ou votar em outros candidatos que não estivessem ligados aos projecto Roquette!

 

- Para alimentar ainda mais a imagem de "salvador da pátria", começa a fazer insinuações sobre eventuais actos de gestão danosa durante esse período.

 

- Todos esses anos iriam ser minuciosamente escrutinados com uma auditoria. Aqui, indirectamente, continuou-se a alimentar as dúvidas e a consequente revolta dos sócios do Sporting para com um passado que foi sempre legitimado por eles próprios.

 

- Deste modo, Bruno de Carvalho ganha as eleições.

 

- Até hoje, não se enterrou um único dólar no Sporting.

 

- Bruno de Carvalho mais não fez do que seguir a reestruturação que tinha começado com a anterior direcção.

 

- Afinal, as auditorias pariram um rato, e cada um dos antigos presidentes, por ai continuam nas suas vidas.

 

- Durante este mandato, os perfis-falsos que por ai poluem a inteligência dos sócios e adeptos, apelidaram todo um período da história do Sporting como "o tempo dos croquettes", condicionando a opinião dos sócios e adeptos.

 

- Bruno de Carvalho começa uma luta contra tudo o que são fundos e empresários. Afinal, os fundos até são "meninos maus".

 

- Com esse pretexto, Bruno de Carvalho faz guerras contra tudo e contra todos, iludindo as massas com supostas lutas fundamentais para o Sporting e para o futebol português. 

 

- Ou seja, para Bruno de Carvalho se manter no poder, este cria guerras internas e externas, de modo a ser visto como a única solução viável para o Sporting. Afinal, fora dele, tudo são "croquettes" que ora querem tacho, ora são vassalos do Benfica ou do FC Porto.

 

- Bruno de Carvalho nunca quis até hoje, mostrar o seu IRS de 2012.

 

- Para manter a ordem no regime, Bruno de Carvalho decidiu processar sócios, jornalistas e comentadores. Claro que não ganhou um único processo, mas o objectivo foi conseguido: calar, intimidar ou condicionar quem de si muito sabe e muito pode falar cá para fora. E claro, quem pagou as despesas desses processos perdidos - inclusive contra sócios do próprio Sporting - foi o próprio clube.

 

- A cereja no topo do bolo será, se se confirmar todos os indícios de partilha de comissões com outros empresários. Ai, tudo fará sentido.

Bruno de Carvalho processa Hugo Gil - famoso adepto do Benfica!

A ingratidão é uma coisa que por vezes me chateia. Hoje fui constituido arguido por ter partilhado um link do YouTube, onde alguém conta o passado de Bruno de Carvalho, supostamente na cocaina. 
Ri-me bastante, porque é ridiculo o que um presidente do Sporting teve a coragem de fazer a um adepto do clube rival. 
A doença é tanta que tudo o que veste de vermelho leva queixa e quem paga são os sócios do clube. 
Vou ter de ir a tribunal por um link partilhado do youtube, que não me pertence, mas felizmente conseguir-me-ei defender. 

 

https://www.facebook.com/hugogil07/posts/1670202366344463

 

Mas qual terá sido o vídeo? Terá sido este?

 

 

É que embora este vídeo seja recente, aparentemente, os efeitos ainda estão lá... 

Mais tarde ou mais cedo, sabes que vais ser desmascarado, certo?

azevedos.jpeg

18578861_z91SB.jpeg

 

Como iludir as massas? Leiam:

 

Afinal era tudo treta 

Afinal era tudo treta parte II

 

Azevedo, se fores desmascarado em pleno mandato, não te preocupes. Escreves um texto no facebook a mandar para a bardamerda todos os lampiões, e reforças essa estratégia escrevendo uma saraivada no teu perfil falso - de nome "Nuno Saraiva"!

 

Ah, e se veres que isto não é suficiente, experimentas dar umas voltas olímpicas ou quiçá, fazeres literalmente uns malabarismos em pleno relvado.

 

malabarismo.jpg

 Vais ver que a malta nem se dará conta da merda que és 

E se o ex-presidente Azevedo for culpado?...

Os sócios e adeptos do Sporting alinharam na ideia de que antes do ex-presidente Azevedo era tudo uma cambada de "gatunos".

 

As auditorias serviram como propaganda-eleitoral, mas estas nada provaram, e cada um dos antigos presidentes continuam nas suas vidas...

 

Depois a suposta luta contra os fundos e agentes, que também serviram como propaganda-eleitoral e como uma forma de fazer guerras contra tudo e contra todos, de modo a ter os sócios e adeptos no seu lado, com supostas lutas fundamentais para a defesa do Sporting e do futebol!

 

Claro que tudo isto desde cedo que "cheirou" a treta, e cheguei inclusive a justificar nestes dois artigos essa minha posição:

 

http://ocantinhodealkmaar.blogs.sapo.pt/afinal-era-tudo-treta-3441

 

http://ocantinhodealkmaar.blogs.sapo.pt/afinal-era-tudo-treta-parte-ii-7929?thread=4601

 

E se o ex-presidente Azevedo vier a ser "culpado"? Continuarão a apelidar todo um passado e todos os oposicionistas de "croquetes" e "lambuças", enfiarão a cabeça da areia, ou dirão que a culpa é do Benfica porque afinal o Vieira faz "isto e faz aquilo"?

 

Vocês são barro nas mãos de um ex-assentador de parquet flutuante, e ainda pagam cotas e bilhetes, para ajudar esse grande ex-guru da construção-civil chamado ex-presidente Azevedo!

 

Tudo isto é tão básico... tão ridículo... que parece que o Sporting se transformou num daqueles clubes de III mundo - tipo Zamalek!

20727388_c29JZ.jpeg

«SP. BRAGA FAZ QUEIXA-CRIME CONTRA NUNO SARAIVA E LANÇA DESAFIO A BRUNO DE CARVALHO»

O Sp. Braga anunciou que vai apresentar uma queixa-crime contra Nuno Saraiva, devido às declarações proferidas pelo diretor de comunicação do Sporting na sua página de Facebook, que os minhotos consideram ser "insinuações absolutamente insuportáveis". Por isso, desafiam Bruno de Carvalho a demarcar-se "inequivocamente do teor das afirmações produzidas".

O clube minhoto confirmou também oficialmente que remeteu as declarações em causa para o Conselho de Disciplina, "através de participação disciplinar visando a Sporting SAD e o seu diretor de comunicação, Nuno Saraiva". Mas não foi só: o caso segue para a Justiça comum, com uma queixa-crime em nome da SAD bracarense e do presidente António Salvador.

O Sp. Braga recorda que as acusações formuladas pelo líder do clube na sala de imprensa do Estádio de Alvalade "visou ou beliscou a instituição Sporting", pelo que considera "absolutamente insuportáveis as insinuações contidas nas afirmações" de Nuno Saraiva. "Ainda que tornadas públicas por uma figura menor da instituição Sporting CP, são suscetíveis de vincular a mesma", destacam.

"A fim do cabal esclarecimento desta questão, espera pois a SC Braga SAD por uma tomada de posição pública do presidente da Sporting SAD, Bruno de Carvalho, que defina claramente se a instituição Sporting CP honra a grandeza do seu passado e dos seus valores ou se, por outro lado, se revê em suspeições torpes, insidiosas e rasteiras", pode ainda ler-se no comunicado dos minhotos, avisando que o emblema "saberá interpretar silêncios e omissões".

"Esta sociedade lançou, nos últimos dias, questões e apelos muito objetivos e claros, procurando não apenas o esclarecimento dos seus adeptos e associados, mas a transparência em torno do futebol português e a confirmação de que todos os clubes são tratados com equidade pelas várias instâncias, em nome do bem comum que é a evolução do nosso futebol.

 

Saberemos, insiste-se, interpretar todos os silêncios e todas as omissões", conclui a nota.

joseeduardo1282941.jpg

E o Marco lá continua a cumprir a sua agenda - e por vezes de fato de treino!

Marco Silva.jpg

Marco Silva lá continua paulatinamente a impor-se naquele que é provavelmente o melhor e mais espectacular campeonato da Europa.

 

Não duvidem que de lá já não sai mais, a não ser que algum "tubarão" de Espanha, Alemanha, França ou Itália o queira contratar. Mas até esse cenário for ou não real, de Inglaterra já ninguém o tira. Nunca lhe faltará mercado.

 

Estou-me a lembrar que este treinador passou pelo nosso Sporting, auferia um ordenado de 500 mil euros por ano, venceu uma Taça de Portugal, e de forma paulatina o Sporting poderia perfeitamente indo melhorar o seu contrato e os respectivos poderes dentro do clube. Tinha um contrato por mais 3 temporadas - é bom lembrar!

 

Na época, quem estivesse de boa-fé e percebesse minimamente de futebol, chegaria à conclusão que dentro daquilo que havia então em Portugal e tendo também em conta as limitadas condições do Sporting, este, era o treinador ideal para o Sporting indo (lá está, paulatinamente e com os pés bem assentes no chão) criar condições para se ser cada vez melhor até à estabilidade desportiva e financeira que um clube como o Sporting precisa para de uma vez por todas ombrear com Benfica e FC Porto de uma vez por todas!

 

Mas tudo foi deitado a perder por causa de uma birra de uma certo pato-bravo deslumbrado que ia então para o banco de suplentes dar gargalhadas com o Augusto Inácio querendo meter o Shikabala - e outras balas do género contratadas por si - a jogar e esquecendo a soberania do então técnico do Sporting.

 

Ficará para a história o facto do "presidente sem medo" ter passado o recado ao dono da empresa de catering. Um recado que visava destruir a imagem pública do então treinador do Sporting ainda em funções.

 

Como ninguém queria o Marco Silva fora do Sporting a não ser o pato-bravo (ou "o maluquinho, segundo Vítor Espadinha), este teve que recuar, mas nunca conseguiu pôr-se publicamente à margem do Zé do croquette.

 

Se o Sporting estivesse "saudável", o pato-bravo teria sido corrido na Assembleia-Geral que ele marcou em Janeiro de 2015 somente para se sentir legitimado. Não, não teria chegado ao fim da época para ter despedido o Marco Silva da forma como despediu.

 

O Sporting continua doente. Carece de identidade e de uma postura exigente por parte dos seus sócios. 

 

Passados 2 anos somente se venceu uma Supertaça que só foi possível graças à "agenda" do Marco Silva ao vencer a Taça de Portugal!

 

É esta a vida de um pato-bravo deslumbrado e de outros deslumbrados que o seguem. Até um dia...

 

A história não se apaga, e tudo ficará para memória futura do que não deve ser a gestão de um grande clube!

 

Ah, isto também ficará registado numa futura auditoria.

O que se lê por ai

Excelente a iniciativa dos dirigentes do Sporting Clube Portugal, em oferecer a receita da bilheteira do jogo com A.R.C. Oleiros para a Taça de Portugal aos Bombeiros, juntando também umas camisolas autografadas pelo plantel para serem leiloadas. Parabéns pela iniciativa, que honra o nome do Sporting Clube Portugal.
Entendo que uma ação nobre desta dimensão, deveria ter sido o comunicado feito na página oficial do Sporting Clube Portugal e não na página pessoal de quem o dirige.
O desporto fica a ganhar com estas iniciativas.

É caso para dizer que de boas intenções está o inferno cheio! 

"O Sporting é nosso!"

22221490_1959099544327281_5444999720203753327_n.jp

De pensar que este pé-rapado teve a demagogia de não receber ordenado durante os primeiros meses de presidência, para supostamente dar um exemplo de "sacrifício" num momento difícil do clube.

 

Depois passou a receber somente 5000€ e passados 2 anos aumentou o ordenado para o dobro com base numa Taça de Portugal e de um lucro financeiro com dinheiro da doyen!

 

Entretanto já foi buscar os retroactivos dos 4 anos em que preside a SAD do Sporting (na prática recebeu 10.000€ desde o início do mandato) e agora... e agora isto!

 

Haja vergonha. Não dele, mas da parte dos associados que ainda alinham nisto!

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D