Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Uma época que pode significar o início do desmembramento do Sporting

O Sporting já está desmembrado. Na prática ainda não o está, é certo, mas na cabeça da maioria dos adeptos parece existir de facto um "antes" e um "depois" de Bruno de Carvalho. Como também se deixaram convencer que existem sportinguistas do Carvalho e do croquette.

 

De momento o brunismo está representado com 86%, enquanto que a oposição é somente de 14%.

 

Em condições normais não digo que esta direcção não merecesse algum benefício da dúvida (sem aldrabices, mentiras ou má-criação). Vamos para a 5º temporada de Bruno de Carvalho, e boa parte desses 86%, de certeza que ainda estão com Bruno de Carvalho para lhe dar precisamente esse benefício da dúvida.

 

Mas, e se à semelhança da época passada, o Sporting volta a desiludir? Aí, creio que boa parte dos que ainda acham que Bruno de Carvalho tem margem de erro, podem começar a passar para o lado da oposição.

 

Mas, também é notório que boa parte dos que estão com Bruno de Carvalho, são precisamente adeptos do Bruno de Carvalho, e não o vão deixar cair por nada.

 

Não acho que esta época seja decisiva para Bruno de Carvalho, mas pode ser o inicio da divisão entre sócios e adeptos. Aquelas tácticas populistas de Bruno de Carvalho podem começar a fazer-se sentir a partir desta época.

 

Será interessante perceber o que se sucederá no plano emocional tanto do lado dos adeptos, como no lado daqueles que conseguiram emprego à custa do Sporting.

Daniel Sampaio - o rosto que no futuro terá que dar a cara pelo "brunismo"

 

Ao ter lido os comentários (já não estão disponíveis) no post de um sportinguista de seu nome António de Sousa Duarte, dei por mim a pensar no que tem sido a gestão de um autentico lunático, que poderia perfeitamente ser paciente do psiquiatra Daniel Sampaio.

 

Tudo o que pode haver de pior num dirigente está lá. E conseguiram enraizar tudo isto no seio da maior parte dos adeptos.

 

Se Bruno de Carvalho ainda é presidente do Sporting, a isso se deve e muito, a pseudo-notáveis como Daniel Sampaio, Eduardo Barroso, Dias Ferreira ou José Eduardo.

 

Como psiquiatra, é Daniel Sampaio quem terá que dar a cara por toda essa gente, e explicar o que viram de positivo na gestão de Bruno de Carvalho ao longo de todos estes tempos! E não, não estou a ironizar. Digam lá que não tem lógica?

 

Mas até esse momento surgir, ainda teremos que aturar com muitas maluquices de uma gestão que vai desmembrar o Sporting e diminui-lo até ao limite.

Várias dúvidas e perspectivas até ao fecho do mercado

Reforços

 

De todos os que foram contratados até ao momento, penso que só o Doumbia terá capacidade de se impor de forma indiscutível.

 

O resto são para mim incógnitas. 

 

Piccini não acredito que vá fazer muita diferença relativamente a Schelotto. Até poderá ser melhor, mas...

 

Mathieu tenho a certeza que não será melhor que Rúben Semedo.

 

Fábio Coentrão em termos de qualidade técnica vem preencher uma lacuna, mas pela sua eventual condição física também não deixa de ser uma incógnita...

 

O resto nem comento porque acho que nem o Jesus sabe ainda o que pensar deles!

 

Plantel

 

Olhando para o quarteto-defensivo, verificamos que apenas Coates era titular na época passada. Já Paulo Oliveira que era provavelmente o único suplente à altura dos titulares, foi vendido! E se na época passada o Sporting sofreu 36 golos no campeonato (o dobro dos golos do SLB!), há motivos para grandes esperanças quanto à estabilidade defensiva?

 

Quanto a William e a Adrien Silva, em condições normais serão vendidos esta época. Aliás, o Sporting poderia tê-los vendido há muito mais tempo, e actualmente já não estão tão valorizados. Há anos que lhes andam a prometer a saída mais que normal e justa, diga-se. William que conta com 25 anos tem a noção que poderia ter evoluído muito mais como jogador se tivesse ido para Inglaterra com 22 ou 23 anos. Adrien Silva vai a caminho dos 30 anos e sabe que esta será a última oportunidade. Mesmo que apenas saia um jogador, o outro que permanecer (ou mesmo que fiquem os dois) não será um jogador "triste" e psicologicamente desmotivado? Aqui a administração do Sporting deveria ter tido a arte e o engenho de gerir esta questão para que hoje não estivéssemos com o núcleo duro do meio-campo da época passada pronta para deixar um "buraco" no meio-campo. Porque os futuros titulares para além de não terem rotinas, estão muito longe da qualidade dos dois internacionais portugueses...

 

Quanto à linha avançada, penso que o Gelson ficará; e o Doumbia, como já referi, penso que vai claramente acrescentar qualidade. Agora, pela análise feita ao meio-campo, vamos ver se aos avançados lhes serão regularmente dadas boas bolas para rematarem à baliza...

 

Estrutura

 

Quando sai alguém da experiência do Octávio Machado e entra André Geraldes, fica tudo dito.

 

Perspectivas

 

O Sporting até pode fazer um campeonato melhor, mas para quem ficou a 12 pontos do campeão nacional, tenho sérias dúvidas se de um ano para o outro conseguiremos ser melhores que o Benfica e até melhores que o FC Porto que acabou em 2º lugar...

 

Assim, é certo que o plantel de Jorge Jesus vai novamente encarar os jogos europeus como um "frete", com os resultados já conhecidos, tanto no campo como no ranking europeu, não contribuindo também para o ranking português que nos possibilita ou não, de colocar um determinado número de equipas portuguesas na Liga dos Campeões.

 

Dir-me-ão que deveria dar o benefício da dúvida ao invés de escrever um artigo algo pessimista... A questão é que há muito que deixei de estar iludido. Só me deixei iludir até ao momento em que em Dezembro de 2014 se fez o que se fez ao então técnico do Sporting! Já nem tenho idade para acreditar no Pai Natal (ainda por cima vermelho)...

 

Mas se o futuro demonstrar que não havia razões para este "pessimismo", cá estarei para o admitir.

 

Até lá...

 

#apertacomelesbruno

 

 

Tentar perceber o fenómeno do brunismo do ponto de vista psicológico\sociológico

Hoje não há meio-termo. Embora o "brunismo" esteja representado por 86% de sócios, o que é facto, é que hoje em dia o adepto do Sporting ou apoia de forma cega o actual presidente, ou já nem sequer lhe dá crédito para o sequer ver à frente! Não há debate.

 

Em 2013 para além do futebol do Sporting estar a atravessar a maior crise da sua história, não éramos campeões há 11 anos!

 

Isto possibilitou as condições perfeitas para um desempregado (talvez financeiramente apoiado pelo seu psiquiatra Daniel Sampaio) montar uma estratégia de propaganda interna, nomeadamente nas redes-sociais, onde aqueles adeptos mais jovens (pagos ou não-pagos) foram repetindo várias vezes as mesmas falácias até se tornarem "verdade".

 

E depois do poder "assaltado", a estratégia de comunicação-interna reforçou-se ainda mais. É tudo dele, basicamente.

 

Só isso explica que num Circo de 4 anos em que apenas se venceu 1 Taça de Portugal, esse mesmo Circo tenha saído ainda mais reforçado relativamente às eleições de 2013!

 

Como já referi, as "condições" que possibilitaram que um desempregado pudesse "assaltar" o poder ainda se fazem sentir.

 

O que está aqui em causa é a possibilidade do Sporting voltar a ser campeão nacional. E independentemente do Circo dos últimos 4 anos, teoricamente, o Sporting está hoje com muito maior probabilidade de o ser relativamente aos anos pré-Bruno de Carvalho.

 

Isso é o que lhes basta. Mesmo que isto seja um grande Circo que em 4 anos apenas venceu 1 Taça de Portugal pelo treinador que não vestiu o fato!

 

Como é evidente, a nível desportivo o Sporting tornou-se muito fraco, e foi isso que possibilitou que o clube se tornasse "pequeno". E essa "pequenez" é notória no dia a dia...

 

Nestes 4 anos alguma blogosfera como o Camarote Leonino ou o Dia do Clube bem expuseram situações graves, mas que foram tidas como "normais" pela maioria dos adeptos. A exigência não existe. O que existe é a esperança que continuando a perder ou não, um presidente "diferente" do que estávamos habituados, pode finalmente pôr o Sporting a vencer com regularidade. Nem sequer querem pensar. Esses autores se tivessem poupado as teclas do teclado, estas, teriam agradecido!

 

Há 10 ou 15 anos seria impensável que 4 anos "disto" pudessem reeleger um presidente com 86% de votos num clube "grande" como era o Sporting de então (sim, ganhamos campeonatos, taças e fomos a uma final europeia)!

 

Quando alguma dessa blogosfera compara este fenómeno com Vale e Azevedo, não é do acaso. Eu próprio já escrevi um artigo a comparar a gestão de ambos os "Azevedos".

 

O Benfica de Manuel Damásio estava fraco a nível desportivo e financeiro, é verdade. Mas em 1997, quando Vale e Azevedo consegue "assaltar" o poder, na prática, o Benfica só vinha de 3 anos sem vencer o campeonato, e até venceu a Taça de Portugal no ano anterior contra o Sporting.

 

Nada que não possibilitasse (ainda que a muito custo) que alguns notáveis como Torres Couto, Jaime Antunes, António Figueiredo ou Abílio Rodrigues fizessem oposição durante 3 anos, criando condições para que surgisse uma alternativa que pudesse "dar luta" nas eleições de 2000.

 

Já o passado recente do Sporting no pré-Carvalho é de tal forma mau, que assim de repente só me ocorre Rui Barreiro, como o homem que tentou fazer uma oposição concertada, mas com muito pouco impacto perante as actuais e difíceis circunstâncias.

 

Quando uso o termo "Circo", é porque é de facto aquilo que eu sinto relativamente a este Sporting. Escuso de referir "pormenores", pois aqui na blogosfera não faltam alguns blogs (como este) que têm especificado as suas posições relativamente a esta forma de actuar.

 

Pessoalmente vou mais longe: hoje o que me liga ao Sporting é este interesse de ver até que ponto esta bola de neve pode crescer e tornar-se num monstro que levará muitos e muitos anos para ser travado.

 

Pois emocionalmente pouco me dizem as palhaçadas e o público que as aplaude!...

O que se lê por ai...

Parece irreversível que passou ao lado destas pessoas que lideram o Sporting a data de nascimento de João Rocha, enquanto efeméride. Se já nada me deveria surpreender, ainda existem coisas que roçam entre a indignação e a repulsa. Sei que destes órgãos sociais, e referindo-me ao Conselho Diretivo, a História do Sporting e o seu passado a nível de conhecimento e presencial é zero. Descobriram o clube agora. Mas existem mínimos. E respeitem o passado. Quando só se comunica para falar dos outros, é natural que nos esqueçamos dos nossos.

 

Interessa é meter frases de merda, semi-plagiadas, numa estátua com um leão. Pior demonstração do nível baixo de quem falamos, é o de quem se quer auto-imortalizar na pedra. Quando manda a integridade de qualquer homem sério, esperar que sejam os outros a prestar-nos esse tributo.

 

A nova data mais importante é o casório e inesquécivel e para que ninguem se esqueça disso (ou ele próprio) em que dia é???? dia do sporting!!!!

 

amigo dão parabéns a traidores como o futre figo e cadete e se esquecem de quem fez história no clube

A falta de respeito para quem contribuiu para a Missão Pavilhão

19601103_1918156188421617_1847269673005135358_n.jp

Sabem o que é isto? É o placard com todos os nomes das pessoas que contribuíram para a Missão Pavilhão, como aliás, estava desde logo prometido.

 

É certo que quem contribuiu, fê-lo de coração pelo seu Sporting, mas foi prometida uma bonita recordação através de um mural com o nome de quem contribuiu. Algo para a posteridade. Algo que ficaria para as gerações seguintes irem lá ver o nome do seu pai ou do seu avô. Era isto que estava em causa.

 

No fim de contas, será necessário um "elevador" para que tal seja possível!

 

Confesso que não consigo resistir a uma boa risada cada vez que olho para esta imagem. É a personificação perfeita daquilo que se tem feito aos sócios nos últimos 4 anos! 

 

Mas, claro, para o senhor Azevedo, é logo ao comprido... 

Será que ainda há algo que possa comprometer ou incomodar Bruno de Carvalho enquanto presidente?

Pedro Guerra prometeu esta segunda-feira no programa Prolongamento, da TVI24, levar no próximo programa "revelações" sobre Bruno de Carvalho.

O diretor de conteúdos da Benfica TV e comentador afeto ao Benfica no programa da TVI24 disse, esta segunda-feira, dirigindo-se a José Pina, comentador do mesmo programa, que é adepto do Sporting: "No próximo programa, se não me afastarem, trarei revelações sobre o presidente do clube deste senhor. Revelações que provam quem é o presidente do clube deste senhor, o que pensa sobre o seu treinador e sobre muita coisa. Aguardem serenamente".

http://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/benfica/noticias/interior/pedro-guerra-promete-revelacoes-sobre-bruno-de-carvalho-8593257.html

image.jpg

 

Sinceramente, acho que já nada pode comprometer Bruno de Carvalho perante o universo leonino. Hoje os adeptos do Sporting não analisam o conteúdo, mas julgam consoante o portador da mensagem.

 

Ou seja, tudo o que Bruno de Carvalho diz é a mais pura das "verdades". Tudo o resto são lampiões, ou "comentadeiros e jornaleiros" (parafraseando Carlos Dolbeth).

 

Aliás, recordemos o debate entre Pedro Guerra e Bruno de Carvalho na TVI 24. Pedro Guerra apesar de ser o que é (dispensa apresentações), deu uma coça a Bruno de Carvalho e este disse-lhe umas verdades na cara!

 

Vou mais longe: Pedro Madeira Rodrigues deu facilmente um "baile" a Bruno de Carvalho nas eleições, precisamente pela "mentira" que tem sido este Sporting. E a mentira está à vista de toda a gente.

 

No entanto, os adeptos não ligaram ao conteúdo do debate. Já nem estão para ouvir, melhor dizendo.

 

PS: Entretanto já saiu comunicado de Nuno Saraiva a classificar como "manipulação" as tais revelações que Pedro Guerra prometeu! Recordo que as gravações que saíram cá para fora também foram classificados como "manipulação". Aliás, ele volta a referir as ditas gravações no mais recente post de facebook! Lá está: o que conta não é o conteúdo. O que conta é quem passa cá para fora a mensagem. Reflectir sobre o conteúdo está quieto! É essa a táctica. Deixem lá ver o que Pedro Guerra tem para revelar, e logo se defendam depois...

Obrigado Bruno!

Obrigado por tentares destruir os valores, princípios e saber estar de uma instituição centenária.

Obrigado por conheceres tudo menos a cultura que fez do Sporting um clube digno e respeitado em Portugal e no Mundo.

Obrigado Bruno por teres escorraçado como escorraçaste Marco Silva.

Obrigado pelos investimentos russos.

Obrigado pelo investimento de milhões num treinador que é o mestre da táctica e da gramática.

Obrigado pelo investimento como nunca num plantel que ganhou bola sendo que tiveste o mérito de dares tiros nos pés a toda a hora.

Obrigado pelo populismo tão característico de outras instituições.

Obrigado pelas viagens à Guatemala e afins. Essas luas de mel antecipadas a esses colossos do desporto e futebol mundial.

Untitled.png

 

Obrigado pelos Bardamerdas e outros vernáculos tão dignos de um líder que não o é, nem nunca será.

Obrigado por te preocupares mais com os outros do que com o SCP. És um altruísta.

Obrigado por teres rasgado o contrato com a Doyen que implicou a cativação de verbas, rescisão essa que te permitiu construir o pavilhão.

Obrigado pelos "não me deixem cair" tão dignos de quem não está agarrado ao poder (leia-se 10 mil eur/mês, BMW 7, viagens e cartão de crédito).

Obrigado por implementares uma restruturação já delineada e fazeres do Sporting um clube mais rico em finanças (até ver), mas pobre e podre em valores.

Obrigado por tanta merda que fazes. É que preferia descer de divisão, ser pobre em finanças, não ter património, do que não ter valores e princípios.

Obrigado pelas voltas olímpicas contra o Belenenses, obrigado pelos posts no Facebook a denegrir tudo e todos, menos o teu rabo, obrigado pelos monólogos porque em debates levaste 0-10 em casa, obrigado pela propaganda no Jornal do Sporting, pelos Boys.

Obrigado pelos 100.000 sócios com idade inferior a 18 anos de idade. Um "Case Study" para países aumentarem natalidade.

Obrigado pela cuspidela. Mas não condeno a cuspidela. Condeno teres dito a verdade, tal como Clinton disse relativamente a Monica Lewinsky.

Obrigado pelo ilustre discurso na inauguração do pavilhão, tão indigno quanto foram tão dignas as palavras da filha de João Rocha, a ti dirigidas.

Obrigado por tanta mas tanta merda que dizes e fazes, através das quais nunca me senti tão humilhado e mal representado, que não mais voltei a Alvalade.

Obrigado pela missão pavilhão, missão que me fez contribuir pelos meus 2 filhos, mas que logo senti arrependimento por terem jorrado milhões para JJ. Descobriste um poço de petróleo.

Obrigado Bruno!

rp franco.png

 

 

 

 

Ainda vale a pena perder tempo com este Sporting?

Sem Título.png

Passados 4 anos, chego à conclusão de que se calhar, ser adepto de um clube é pura ilusão.

 

Eu tinha a ilusão de que ser adepto do Sporting era indentificarmo-nos com os seus fundadores e com o legado que eles deixaram.

 

Eu tinha a ilusão de que ser adepto de um clube era ser amigo de uma outra pessoa que também torça pela minha cor.

 

Eu tinha a ilusão de que cada um de nós era um "pedaço" do Sporting, e nada nem ninguém em particular.

 

Eu tinha a ilusão de que os jogadores eram os verdadeiros "artistas" do clube.

 

Tantas coisas que em 4 anos deixaram de ser uma ilusão...

 

O que me entristece, é que 4 anos foram suficientes para destruir uma identidade, quando este clube já tinha 107 anos de história!

 

Se no passado critiquei Bruno de Carvalho, de há uns tempos para cá comecei a criticar os adeptos do Sporting por não perceberem o que está aqui em causa.

 

Mas, pensando bem, para quê criticar adeptos, que, "bons" ou "maus", contribuem para o clube? Afinal, isto é pura ilusão, e o clube estará sempre ao sabor de quem consegue chegar ao topo.

 

Se no topo estiver um "croquete", o Sporting passa a ter uma cultura de "croquete". Se no topo estiver um "mitra", o Sporting passa a ter uma cultura de "mitra".

 

Sabem meus caros, o Sporting só será "grande" quando os seus sócios e adeptos perceberem que quem faz o Sporting são eles mesmos. Até lá, o Sporting nunca passará de um projecto eternamente adiado.

 

Ainda vale a pena perder tempo com este Sporting? Acho que não. É pura ilusão...

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D