Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

O CHARLATÃO



Um ponto fundamental para identificar um charlatão é quando este se apresenta de forma messiânica, dizendo-lhe que a partir daquele momento a sua vida irá mudar, pois apenas ele, e só ele, tem o conhecimento para o livrar do mundo ou do estado de ignorância. Com ele o êxito é garantido. 

Depois, quando você aceita acreditar no seu novo guia, irá começar a lavagem cerebral; primeiramente cria-se uma relação entre mestre e discípulo, onde este último deve ignorar tudo que anteriormente aprendeu e começar a ver as coisas iguais ao seu guia, este irá desmoralizar várias verdades e temas realmente relevantes e dará ao seu discípulo, unicamente tretas. 

22406013_1961794084057827_8363104766241279696_n.jp


Como provavelmente você não irá aceitar essa ruptura de conceitos assim tão facilmente, o charlatão irá mais além, ele não apenas desmoraliza as verdades que ele não domina ou apenas não gosta, como faz o aprendiz ter uma relação de amor e ódio, amor pelo mestre e o seu conhecimento e ódio de todos aqueles que se opõem à sua maneira de pensar.

Caso você ainda fique relutante em aceitar certas afirmações, porém o carisma do seu mestre o faça querer acreditar nas suas palavras, é natural que você peça as fontes do seu conhecimento, porém o charlatão irá dar-lhe uma série de desculpas, dizendo que você precisará de acreditar nele porque o passado era horrível. Ele é o futuro. 

Todo o charlatão, sendo no campo da ciência ou em qualquer outro tema, nunca será um intelectual, aquela pessoa disposta a debater ideias. Pela sua falta de argumentos ele irá refugiar-se com ofensas, sempre agressivo, a usar mentiras com o objectivo único de desmoralizar os seus “oponentes”. 

Como foi dito acima, esses enganadores não são intelectuais, logo não veem os debates como um local para se discutir ideias, aprender, eles veem os debates como uma guerra, e sempre, ao relatarem as suas vitórias nos debates, dizem que massacraram seus oponentes, os humilharam. Quando perdem vitimizam-se dizendo que o oponente não os respeitou, que aquele local do debate era um covil dos seus inimigos, etc.

Ele apresenta-se como o verdadeiro Messias, o único que pode salvar o país, o mundo, o clube, é assim que ele quer ser tratado. Todo o charlatão faz culto à sua personalidade e gosta de ser adorado sempre nos seus discursos, vídeos, etc. ele exalta-se a si mesmo, lista diversas vezes as suas “qualidades”, deixando os mais ingênuos admirados e crentes de que estão mesmo na presença de quem irá salvar a instituição. Quando fala em monólogos fala durante muito tempo, tenta convencer-se daquilo que ele próprio afirma. 

Ele tem sempre o mesmo discurso, mesmo quando se propõe a falar de outro tema o assunto volta sempre à sua ideia central, esta que ele defende de forma doentia, não interessando o mundo de evidências que a desqualificam. E como resultado, o seu conjunto de seguidores fica cada vez mais homogêneo, transformam-se em gado, passando a um estado em que um apenas afirma as ideias do outro e ambos repudiam tudo e todos que pensam o oposto.

Mesmo com toda essa doutrina você ainda pode ter dúvidas e perguntas, mas sabe que se demonstrar a sua curiosidade ao charlatão ou a algum dos seguidores você irá ser humilhado, difamado, exposto ao ridículo, pois há uma ditadura filosófica dentro do ambiente criado pelo charlatão e seguidores. 

Com todo este processo, você perde o interesse em diversos temas, passa a ocupar grande parte de seu tempo apenas com os ensinamentos que o charlatão quer que você interiorize, a sua timeline sempre se referirá as questões ensinadas por ele, você perde a capacidade de conversar sobre outros assuntos sem envolver a sua doutrina, começa a agir de forma violenta quando for questionado. Por fim torna-se alguém preocupado, triste, a sua raiva por saber que o mundo do seu Gurú nunca irá de facto consumar-se transformar-se-á numa depressão e você perde até o ânimo de viver.

Outra característica comum de um charlatão é usar as suas crenças pessoais, geralmente religião, ou outras ideologias, como as clubistas, para ganhar a sua simpatia e você sentir-se ligado a ele de uma forma especial.

Todos os charlatões, além da adoração dos seus discípulos, pedirão dinheiro, quando perceberem que vocês estão envolvidos nas suas palavras e teorias, a conta irá chegar, pode ser via doação, ganhos mensais ou outras ofertas. Seja como for o charlatão tem sempre como objectivo enriquecer à custa da crendice dos que em si acreditam. Ele e o núcleo que o rodeia. 

Não se lembram de ninguém assim?

fonte 3.png

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D