Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Com a época "feita" a nível interno, o Sporting tinha todas as condições para conseguir a final da Liga Europa

375452_galeria_legia_warszawa_x_sporting_liga_dos_

Como devem estar recordados, bastava um empate no jogo contra o Légia de Varsóvia para garantirmos ali o acesso à Liga Europa.

 

Num jogo em que Jorge Jesus colocou Paulo Oliveira como lateral-direito, fazendo entrar Ricardo Esgaio (João Pereira e Schelotto estavam indisponiveis) aos 58 minutos, quando o Sporting já perdia por 1-0 desde os 30 minutos!

 

Já com um lateral-direito de raiz, o Sporting ganhou maior poder ofensivo, até criou várias oportunidades, mas não conseguiu o golo do empate. Demos, como tem sido hábito esta época, 45 minutos de avanço. 

 

Serve esta pequena crónica a esse jogo para constatar a forma como Jorge Jesus encarou essa partida, à semelhança do que fez na época passada, em que para ele as competições europeias eram como um "frete".

 

De lá para cá só nos resta cumprir calendário no campeonato e garantir assim o 3º lugar.

 

Mas se para Jorge Jesus a Europa pode ser um entrave a nível físico para a sua prioridade [o campeonato], o que é certo é que de momento o Sporting tinha todas as condições para se focalizar na Europa e gerir o plantel no campeonato.

 

De momento não nos bateriamos taco a taco com equipas como o Rostov, Apoel, Kobenhavn, Lyon, Olympiacos, Schalke 04, Celta de Vigo, Gent, Anderlecht, Ajax, Roma, Besiktas, Borussia M ´gladbach, Krasnodar ou o Gent?

 

Em condições normais, e se o sorteio fosse sendo favorável, o Sporting na minha opinião tinha todas as condições de defrontar o Manchester United nas meias-finais ou na final. Houvesse vontade e sem mais nada a perder esta época, sim, acho que era possível.

 

Por estas e por outras é que um clube como o Sporting nunca poderá ter um discurso como o de Jorge Jesus. Na prática o campeonato é a prioridade, mas a mensagem a ser passada tanto para o balneário como para os adeptos não pode ser essa.

 

O Sporting Clube de Portugal tem que ter como principal prioridade conquistar todos os jogos com a máxima força. Só assim o Sporting ganhará a tal estrutura.

 

A estrutura, havendo bons jogadores, passa muito pela mentalidade incutida e construida ao longo de anos.

 

Se olharmos para o ranking da UEFA, encontramos o Sporting num ridículo 54º lugar!!! Nunca esteve tão baixo!

 

Jorge Jesus ganha 8 milhões por época, e o presidente Bruno de Carvalho nunca teve um emprego tão bem remunerado. O pior é que quando eles de lá saírem, terão que ser outros a tentar reconstruir sobretudo uma mentalidade de clube "grande".

 

E enquanto os sócios e os adeptos permitirem que estas personagens lhes tentem passar atestados de estupidez recorrendo sempre ao 7º lugar de há 4 anos, continuaremos a definhar enquanto clube! 

 

São 4 anos de comportamentos ao nível da idade da pedra em que pelo meio conquistamos somente uma Taça de Portugal !

 

Se em 4 anos não deu para perceber a estirpe de gente que nos "representa", então só constatarão isso quando for tarde!...

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D