Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Carta aberta ao Sr. Bruno de Carvalho, o do Bardamerda!

O Senhor Bruno de Carvalho insultou milhões de portugueses. Desconheço, mesmo depois de tantas atoardas que lhe vou ouvindo, se é arruaceiro congénito ou se aquele assomo infeliz, mais não terá servido do que uma oportunidade para se vangloriar de ser sobrinho-neto do Almirante Pinheiro de Azevedo
Fosse qual fosse a intenção, quero dizer-lhe que o seu "titio-avô", quando proferiu aquela frase, em 1975, estava cercado, tal como os deputados da Constituinte, por milhares de manifestantes, impelidos pelos sindicatos da Construção Civil e assomou-se a uma das varandas do Palácio de S. Bento, na tentativa de apaziguar os ânimos dos sitiantes.
Eu não estaria a mais de dois metros do seu "titio-avô", quando ele, após ser recebido com insultos de "fascista", se limitou a responder "bardamerda para o fascista".
Ao senhor, ninguém ofendeu ou tratou mal, para mandar "bardamerda" os milhões de portugueses que não comungam das suas côres clubísticas, episódio em que nem a digna Instituição de que é Presidente, merecerá ou se revê.
Voltando ao seu "titio-avô", que era um homem corajoso e digno, também lhe ouvi dizer, após a deflagraçãor dumas granadas de fumo que alguns fardados heróis farfalhudos acabavam de lançar no Terreiro do Paço, que "o Povo é sereno".
E é em nome dessa serenidade que, ao invés de, à maneira dos meus conterrâneos beirões altos, o mandar para um sítio onde nenhum homem de corpo inteiro gostaria de estar, me limito a responder-lhe:

VÁ À MERDA!

F. J. Branquinho de Almeida
6 de março de 2017

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D