Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Os desabafos de fiéis Leões

"Ser presidente", passou de uma "missão", a um emprego a manter a todo o custo!

Declarações de José Roquette em 2009

 

Para José Roquette, ser presidente do Sporting, é "altamente desgastante"

 

Para Bruno de Carvalho, ser presidente do Sporting, é um sonho de menino que vem dos 6 anos de idade!

 

É um sonho que está a ser tão bom de desfrutar, que chora para que não o deixem cair pela escassez de emprego!

 

Os antigos presidentes, "bons" ou "maus", na prática, eram-no por sentido de missão. Filipe Soares Franco poderia ter continuado, mas "saiu amargurado e desiludido"

 

Afinal, o futebol é irracionalidade. E ser presidente nunca poderá ser algo irracional como se de um mero adepto se tratasse. E hoje, o Sporting é gerido de forma irracional e esquizofrénica, na medida de adeptos cada vez mais cegos de ódio. Afinal, o que conta é agradar para manter o emprego! No passado, não só os presidentes não foram remunerados, como acabaram por se sentir a "mais" nesse mundo.

 

José Roquette, disse também, que "aqueles 3 ou 4 milhares de sportinguistas que estarão na Assembleia-Geral representam uma realidade muito mais poderosa e envolvente, devendo eles terem essa noção".

 

Nos dias de hoje, o Sporting, como um "todo", é "representado" numa Assembleia-Geral por meia-dúzia de gatos-pingados convocados no próprio dia! "Gatinhos" que têm sido coniventes com perseguições a outros sócios somente por terem opinião!

 

José Roquette preocupava-se com a eventualidade dos "interesses profundos e históricos do Sporting não serem à época devidamente cuidados".

 

Nos dias de hoje, "a data da puta da gala", é adiada por causa do casamento do senhor Azevedo!

 

E os adeptos, como reagem? Com a maior das naturalidades!...

 

Que se lixem os interesses históricos do clube! O que hoje é fixe é escrever comunicados sobre o Benfica!

 

Enquanto isso, Bruno de Carvalho, para não se "desgastar" como os presidentes do passado, aproveita para levar a Ornelas aos Guatemalas desta vida! 

 

O problema actual do Sporting não é uma questão de presidentes. É uma questão de mentalidade-colectiva.

 

Se os antigos presidentes se sentiram desiludidos e amargurados, eu, confesso, que como mero adepto sinto exactamente o mesmo... Também eu já me sinto a mais!

 

PS: Sou contra esta bipolarização entre Roquettismo e esta "nova era" que começou em 2013. Mas comparem os dois vídeos e atentem no discurso, no tom, na classe, e até no sportinguismo. 

 

Paulo Farinha Alves conta como foi ...a respeito do Pavilhão!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desconfio que estas verdades tenham caído mal ao Azevedo de Carvalho! Farinha Alves que se prepare para represálias. Essa de dividir louros ainda por cima com verdades indesmentíveis, não é para "Sua Excelência"!

Folgo em saber que afinal nem todos são lambe-botas, nem se sujeitam à vontade do ditadorzeco de meia tigela.

 

Teremos de morrer para que nos juntemos todos?

19260751_10213613066666928_4396242223243782744_n.j

Juntos por todos. Falemos de futebol. Falemos de desporto. Quantos mais mortes teremos de ter no desporto para que se juntem os líderes dos principais clubes em Portugal?

Pode parecer banal ou ridículo falar-se em desporto quando 64 pessoas perderam a vida, não a dar um chuto numa bola, não em qualquer estádio, não no estado de adepto ou de sócio em guerrilha, mas na sua estada na estrada da vida. Por um raio, tantos raios, por um fogo, tantos fogos, por um vento, tantos ventos.

Hoje contribuímos para todos, fossem ou sejam eles do Sporting, Benfica, Porto ou Pedrógrão Grande.

Teremos de morrer para que nos juntemos todos? Terão de morrer mais? Não foram muitos os que morreram já? Nos fogos, nos estádios ou nas imediações?

Assistimos a uma guerra nunca vista no desporto português. Tantos rastilhos, tanto mato, tantos fogos, tanta merda. De parte a parte. Da minha parte, que acabem com esta merda.

Temos dirigentes desportivos que incitam a violência, o ódio, a ofensa gratuita. Castigados por instâncias disciplinares, desobedecem com despudor.

Mas não estão sós. Adeptos vulneráveis ciosos por pertencerem a algo, vão na onda da falácia. O bem e os bons de um lado. O mal, os maus, feios, porcos e nojentos de outro. Ambos populares, ambos populistas.

Somos uma nação que descobriu e conheceu Mundo. País solarengo à beira mar plantado. Povo pacifico, amistoso, empático, acolhedor.

No desporto e no desporto Rei em particular somos Campeões Europeus, Ronaldo o desportista mais premiado, valioso e reconhecido do Mundo, Mourinho um dos melhores (o melhor?).

Os nossos dirigentes? Dos piores do Mundo. Corrompem, agridem, cospem, ofendem, criticam, condenam, desrespeitam!

Legitimados por eleições, sentem-se inatingíveis por regras, leis ou justiça. Deuses no seu trono, líderes das suas tribos.

Apoiados pelos boys da fina flor prestam-se a tudo para um aplauso, um like ou uma selfie. Se o apoio da fina flor menos ou mais fraudulenta é garantido, é nas massas que encontram mais votos, nas claques. São estes, os mais pobres e desprotegidos, quem os alimenta.

E o P.R. Marcelo que nada faz. Até que morram uns quantos.

 

Uma dúvida:

Pergunta que reputo deve ser feita de forma repetida: agora que o "Palmelão" saiu e o Bruno é o novo responsável pelo futebol o mesmo Azevedo de Carvalho acumula o ordenado do ex-director com o de Presidente? É que não me admiraria nada!

Será que ainda há algo que possa comprometer ou incomodar Bruno de Carvalho enquanto presidente?

Pedro Guerra prometeu esta segunda-feira no programa Prolongamento, da TVI24, levar no próximo programa "revelações" sobre Bruno de Carvalho.

O diretor de conteúdos da Benfica TV e comentador afeto ao Benfica no programa da TVI24 disse, esta segunda-feira, dirigindo-se a José Pina, comentador do mesmo programa, que é adepto do Sporting: "No próximo programa, se não me afastarem, trarei revelações sobre o presidente do clube deste senhor. Revelações que provam quem é o presidente do clube deste senhor, o que pensa sobre o seu treinador e sobre muita coisa. Aguardem serenamente".

http://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/benfica/noticias/interior/pedro-guerra-promete-revelacoes-sobre-bruno-de-carvalho-8593257.html

image.jpg

 

Sinceramente, acho que já nada pode comprometer Bruno de Carvalho perante o universo leonino. Hoje os adeptos do Sporting não analisam o conteúdo, mas julgam consoante o portador da mensagem.

 

Ou seja, tudo o que Bruno de Carvalho diz é a mais pura das "verdades". Tudo o resto são lampiões, ou "comentadeiros e jornaleiros" (parafraseando Carlos Dolbeth).

 

Aliás, recordemos o debate entre Pedro Guerra e Bruno de Carvalho na TVI 24. Pedro Guerra apesar de ser o que é (dispensa apresentações), deu uma coça a Bruno de Carvalho e este disse-lhe umas verdades na cara!

 

Vou mais longe: Pedro Madeira Rodrigues deu facilmente um "baile" a Bruno de Carvalho nas eleições, precisamente pela "mentira" que tem sido este Sporting. E a mentira está à vista de toda a gente.

 

No entanto, os adeptos não ligaram ao conteúdo do debate. Já nem estão para ouvir, melhor dizendo.

 

PS: Entretanto já saiu comunicado de Nuno Saraiva a classificar como "manipulação" as tais revelações que Pedro Guerra prometeu! Recordo que as gravações que saíram cá para fora também foram classificados como "manipulação". Aliás, ele volta a referir as ditas gravações no mais recente post de facebook! Lá está: o que conta não é o conteúdo. O que conta é quem passa cá para fora a mensagem. Reflectir sobre o conteúdo está quieto! É essa a táctica. Deixem lá ver o que Pedro Guerra tem para revelar, e logo se defendam depois...

O João Paiva dos Santos já foi expulso de sócio?

img_770x433$2017_04_17_12_45_18_1252570.jpg

Este é aquele que queria pagar do seu bolso uma auditoria para clarificar o que tem sido a gestão do Sporting. 

 

Foi acusado por Bruno de Carvalho de estar aliado aos nossos rivais e de ter enviado emails a Pedro Guerra.

 

A questão é: se tudo é 100% limpo na gestão do Sporting, qual era o problema, se inclusive, um lampião quisesse pagar do seu bolso uma auditoria à gestão dos últimos 4 anos? Quem não deve não teme!

 

Relembro a caça-às-bruxas que se fez com as audições aos anteriores mandatos até 1995! Relembro que essas auditorias pariram um rato, mas mesmo assim, recorrendo a falácias e a malabarismos comunicacionais, Bruno de Carvalho tentou sair de fininho...

 

Qual era então o problema de uma auditoria paga por um sócio e completamente independente ao Sporting? Mesmo que fosse só mais uma, o problema era exclusivamente de João Paiva dos Santos - pois era ele que a pagava!

 

Relembro, que há uns tempos, Paiva dos Santos e Pereira Cristovão apenas se queriam reunir com a administração do Sporting, mas mais valia esperarem sentados. Aliás, consta que Bruno de Carvalho espreitava pelas cortinas fechado no escritório!

 

Face a tanta demagogia e contradição, porque não tenho a legitimidade de pensar que tudo o que Bruno de Carvalho disse na Assembleia-Geral não pode ser verdade, e que este já se está a precaver para se vitimizar? Pois, são os conspiradores que estão contra o querido-líder e tal... Uma táctica já velha e que não sei até quando os sócios se irão deixar "fintar" por um malabarista que até chegar ao Sporting abriu e fechou meia-dúzia de empresas de carpintaria!

 

É que Bruno de Carvalho canta bem, mas não me alegra...

Pág. 1/10

Mais sobre mim

imagem de perfil

O Cantinho de Alkmaar

Por um Sporting fiel aos seus pergaminhos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D